domingo, 13 de março de 2016

Argentina...



Quem me conhece sabe o quanto eu sou deliciosamente apaixonada por Mi Buenos Aires queridos... E é esta paixão que me moveu a escrever o nosso primeiro guia do Casal Descomplica sobre este destino delicia... 

Não existe viagem ao exterior mais fácil e acessível. Aliás, vocês sabiam que esta é a primeira viagem internacional da maioria dos brasileiros?  Maaaaas, vale reforçar que este também é um dos destinos favoritos de muitos viajantes experientes, que não cansam de retornar. Tipo, euzinha que já perdi as contas de quantas vezes fui curtir tudo de sensacional que a cidade oferece. E garanto que Buenos Aires fica ainda mais interessante depois que você já bateu ponto em todas as atrações turísticas. A cada viagem, uma nova surpresa... 

E depois de tantas idas a terra dos hermanos, já consigo passar algumas dicas e informações que são simples, mas bem importantes para que todos vocês possam aproveitar muito bem a cidade.

Enjoy este guia que fiz com todo carinho e que me deixou morrendo de vontade de fazer uma malinha e partir para o Aeroporto com meu Cat! ;) 

Siga-nos também:
Facebook: www.facebook.com/casaldescomplica
Instagram: casaldescomplica


Dicas
A Chegada
Principais Bairros
Onde Ficar
Transportes
Compras
Gastronomia
Noite em Buenos Aires
Lugares Imperdíveis
Álbum de Fotos: Viaje com a gente





Eu sei que tudo que você quer com este post é saber tudo de bacana que a Argentina oferece... Mas antes de entrar nesta parte, resolvi começar dando algumas dicas bacanas que eu nunca encontrei em lugar nenhum e que sério... Ajuda demais por lá! =)

1. Para entrar na Argentina você não precisa de Passaporte e nem de visto, basta apresentar o seu RG com uma foto reconhecível, ou seja: Não vale aquela sua fotinho de criança, rs... Carteira de Motorista NÃO VALE!


2. Brasileiros podem ficar na Argentina como turistas  por um prazo de até 90 dias, podendo renovar por igual período junto à Dirección Nacional de Migraciones

3. A moeda oficial argentina é o chamada peso. Há notas de 2, 5, 10, 20, 50 e 100 pesos e moedas de 1 peso e de 1, 5, 10, 25 e 50 centavos. Abaixo a foto das notinhas para você já ir se familiarizando:




4. Esta dica é bem básica: Fique de olhos bem ABERTOS! Existem muitos furtos de bolsas, carteiras e celulares por trombadinhas bem atentos a sua desatenção. Lembre-se, bolsas e carteiras sempre na frente!

5. Não troque dinheiro no cambio paralelo existente nas ruas, principalmente na Calle Florida. Tenho conhecidos que passaram bons apertos na mão destas pessoas nada confiáveis, inclusive mini sequestro! O melhor é levar seus pesos já aqui do Brasil e um cartão de credito habilitado (antes de viajar garanta que seu cartão está habilitado para uso e saques fora do Brasil) mas se tiver algum imprevisto, recomendo que você vá ao Banco de La Nación ou a alguma casa de Cambio da Calle Sarmiento. Não esqueça de levar seu passaporte ou RG!

6. Aproveitando este papo de cambio: Ao comprar pesos aqui no Brasil as casas de cambio normalmente só tem notas de 100 e algumas vezes 50 pesos. Chegando na Argentina, tente trocar alguns deste pesos para evitar o golpe das notas falstas. Para conseguir estes valores trocados, você pode tentar trocar no próprio hotel ou compre alguma de valor baixo na farmácia ou supermercado, nem que seja uma garrafa de água, pagando com uma nota alta de 50 ou 100 para obter notas baixas como troco.

7. E falando em golpe, o mais famoso por lá é o golpe dos Taxistas: O golpe mais comum é o golpe da nota falsa, onde você dá uma nota de 100 pesos e numa rápida troca, sem você perceber, o taxista lhe devolve uma outra nota de 100 pesos falsa afirmando que a nota que você deu é falsificada. Aliás, isso pode acontecer tanto com notas de 50 quanto com notas de 100. Um outro tipo de golpe é que a nota também pode ser trocada por uma de valor mais baixo, onde você dá uma nota de 100 pesos ao taxista e ele a troca por uma de 10 pesos, dizendo que você lhe deu apenas 10 pesos ao invés de 100, solicitando o valor restante. Para evitar esta pessima sensação de ter sido enganado, dou alguns conselhos: 
- Ao pagar, entregue a nota (ou as notas) ao taxista, contando os valores em voz alta, para que não haja dúvidas do valor que você está lhe entregando;
- Faça uma marca com caneta no cantinho das suas notas (uma estrela, uma letra). Assim você saberá se a nota que voltou era a sua ou não! 
Enfim, para evitar qualquer stress ou indisposição (o que também é perigoso), tenha sempre notas pequenas no bolso antes de tomar um Taxi! 

8. Gente, tudo lá é maravilhoso mas o atendimento.... Aiiiii! Sim é devagar e sem muita atenção - Neste sentido, não espere nosso jeitinho brasileiro e gostoso de atender (aliás, acho que isso não existem em lugar nenhum do mundo!). Lembre que você esta curtindo alguns dias em um país novo e relaxa! Como os próprios garçons dizem: "Tenha Paciência!" rsrs :P

9. Como no Brasil, costuma-se deixar 10% da importância do serviço em restaurantes e que devem ser pagos à parte do pagamento da conta e em cash ($ dinheiro). O serviço NUNCA virá incluído na conta ...

10. Alguns lugares aceitam reais! É verdade que a nossa moeda não é mais valorizada como há alguns anos, mas ainda estamos em vantagem... Então, ande sempre com algumas "Dilmas" no bolso! Principalmente para Táxis e lojinhas/barraquinhas de rua.

11. A cerveja mais tradicional é a Quilmes e os pratos são as famosas Empanadas, Medialunas (especie de Croissant, só que muuuuuito mais saboroso) e a parrilla Argentina!

12. Algumas boas dicas sobre as baladas para quem é da noite: 
- As baladas na Argentina começam bem tarde, por volta da 2h da manhã... As casas noturnas abrem por volta das 00h e o horario ideal pra chegar é por volta das 00h30/ 01h, porque depois disso as filas são imensas! 
- Não existem comandas em Buenos Aires: tudo que é pago é entregue na hora, não dá para pegar depois.
- Algumas baladas cobram entrada e outras não. Algumas outras ainda funcionam no esquema onde eles olham para sua cara e dizem quanto você vai pagar. E nestas não tem regra: Uns não pagam nada, outros 20 pesos, outros 100 pesos! 
- Se você gosta de Vokda com energético, peça um "Speed" no bar 
- Mulherada, as mulheres na Argentina geralmente não vão de salto para a balada! Podem - As pessoas fumam muito e em todo e qualquer lugar


13. O ritmo latino oficial é o Reggaeton! Se você nao conhece, busque no google e Youtube ja para ir se acostumando a este delicioso ritmo que é uma mistura do nosso axé + funk! hahaha... Eu AMO e sou apaixonada pelas musicas do Nene Malo, Los Nota Loko, Tu Papa e Daddy Yankee. Busque por eles no Youtube e mexa as cadeiras! :)

14. Seguro Viagem: Caso seu cartão de crédito não forneça o serviço de seguro viagem, recomendo que você faça um. As despesas médicas na Argentina são EXTREMAMENTE altas! :S

15. Se precisar, seguem as informações do Consulado do Brasil na Argentina: Avenida Carlos Pellegrini, 1363. Tel: (54 11) 4515-6500

16. O serviço de ambulâncias para emergências (SAME) é gratuito e a ligação também: Disque 107

17. Como ligar para o Brasil da Argentina: 00 + 55 + DDD da cidade + o número do telefone

18. A tensão elétrica na Argentina é de 220 volts. As tomadas são outra particularidade a parte: têm 2 orifícios cilíndricos ou 2 orifícios chatos mais um de descarga a terra (veja foto abaixo) - o mais comum de encontrar hoje é a imagem 1. Para você não passar stress: Viaje com um adaptador para tomadas.







Voltar Menu



A cidade de Buenos Aires tem dois aeroportos: Aeroporto Internacional de Ezeiza (localizado a uma hora do centro da cidade) e o Aeroparque Jorge Newbery (que fica a 15 minutos do centro da cidade). O Aeroparque é extremamente pequeno, com poucas opções de lanchonete, por exemplo. 


Valores aproximados Táxi do aeroporto ao microcentro:

- Ezeiza: 500 pesos argentinos - preço fechado (aproximadamente R$140,00). Se você contratar ida e volta, rola um descontinho: o pacote sairá 400 pesos. Você pode fazer a reserva do táxi diretamente pelo site: http://www.taxiezeiza.com.ar

- Aeroparque: 200 pesos argentinos - valor aproximado, já que no Aeroparque, os táxis operam pelo taxímetro (ao contrario de Ezeiza). O que já ouvi de muitas pessoas é que alguns têm taxímetro adulterado, portanto fique esperto e para não passar por isso, escolha pegar um taxi de um dos dois pontos oficiais, ambos na calçada do desembarque: um na ala internacional, outro na ala nacional. 

Para quem mora em SP ou RJ, vale a relação: Ezeiza é como se fosse o nosso de Guarulhos/Galeão (inclusive de distância) e o Aeroparque, como se fosse o de Congonhas/Santos Dumont (mais dentro da cidade).


Ahhh, mais uma dica: As casas de câmbio do aeroporto oferecem péssimas taxas para troca de dinheiro... Se você não fez o cambio antes da viagem, prefira trocar no centro da cidade e tire dinheiro dos caixas eletrônicos, normalmente ligados às redes internacionais. 

Abaixo, segue um mapinha só para vocês terem noção da distância/localização dos 2 aeroportos:



Voltar Menu







Oba, chegamos em Buenos Aires! rs... Vou aqui rapidamente sobre os bairros mais pops já para você começar a decidir onde quer ficar e o que pega em cada um destes cantinhos tan especiales! =)



Microcentro 
O Microcentro não é reconhecido como um bairro, mas é uma região delimitada por 4 grandes avenidas: Mayo, Córdoba, 9 de Julio e Leandro N. Alem. 
E se você quer estar bem localizado e faz parte do time que gosta de ter fácil acesso a tudo, BINGO! Aqui é o seu lugar... 
Fácil acesso a transporte público e aos principais pontos turísticos (como Casa Rosada, Plaza de Mayo, Obelisco, Teatro Colón, Puerto Madero...) - que você poderá fazer caminhando!  
Porém não se esqueça que Centro é Centro em qualquer lugar: Durante o dia, muita gente mas a noite é meio deserto.
Lugar ideal se você vai ficar até uma semana... Se tiver a oportunidade de ficar mais do que isso, recomendo algum outro bairro charmosinho, como Palermo! =)

San Telmo
Artistas, músicos, pintores, artesãos e escritores habitam este bairro que é o ideal para quem gosta de vivenciar a história por onde passa! Dizem que a cidade foi fundada ali, no Parque Lezama. O bairro já foi o mais rico de Buenos Aires, mas uma epidemia de febre amarela no século 19 fez com que as famílias abonadas se mudassem para outros bairros, como a Recoleta.
Hoje em dia muitas das antigas mansões de San Telmo se tornaram galerias de arte, casas de tango e antiquários. Há centenas deles pelo bairro. A associação local conta com mais de 500 antiquários cadastrados. Muitas peças foram trazidas da Europa há mais de 100 anos e pertenciam às famílias ricas que moravam por ali.
Pontos Turísticos? O bairro já é um deles... Para quem curte a personagem Mafalda, aquela escultura pop dela sentada no banquinho e que rende uma foto bem descoladinha também se encontra por aqui!  Mas existem vários outros points bem pertinhos, já que San Telmo é colado no Microcentro. 
Ahhh, este também é o bairro onde estão concentrados a maioria dos hostels.

Puerto Madero
Um dos meus points favoritos. É como se fosse uma ilhota no meio de Buenos Aires! É um lugar que agrada todos os publicos e propósitos: É gostosinho pra namorar, bom para ficar rindo horrores com os amigos, curtir sua família e até point dos bombadinhos - Muita gente usa este visual TOP para as corridinhas do dia a dia! 
Uma curiosidade: Puerto Madero esteve largado às traças depois da inutilização de um antigo terminal de navios, se tornou sinônimo de modernidade depois da revitalização feita na década de 1990. O bairro é conhecido atualmente como polo financeiro devido à enorme quantidade de escritórios por alí.
Pelas caracteristicas do lugar, os hotéis por alí são bem carinhos, mas se você for RICAAAAAAAAAA pode ficar l!á Sem pensar.. hehe

Recoleta
Pensa em um bairro que ao mesmo tempo que é moderninho, traz os ares elegantes e sofisticados dos tempos antigos... Assim é Recoleta! O Bairro Frances onde vivem os famosos Mauricitos e Patricitas! rs... Barzinhos descolados e com certeza a rede de hoteis mais caros e reconhecidos da cidade. Se você gosta de estrelas, venha brilhar por aqui em um dos hoteis com incriveis 6 estrelas! haha... O bairro gira em torno do Cemitério da Recoleta, onde está o tumulo da famosa Evita Perón. 
Esta é a parte chique de Buenos Aires!

Palermo
É sem duvida nenhuma a região mais linda e descolada da cidade. Gente bonita, animada, elegante e sincera! hehe...  Muitos parques, barzinhos, restaurantes, cafés fofos, baladas... 
O bairro tem algumas "sub-divisões": Palermo Chico, Palermo Viejo, Palermo Soho e Palermo Hollywood. Mas eles são tão coladinhos que de verdade na pratica pra mim é uma coisa só. Las Cañitas, que é basicamente uma rua repleta de barzinhos e restaurantes também fica dentro de Palermo. 
Outro símbolo de destaque aqui são os inesquecíveis “Bosques de Palermo”: Uma área verde imensa e que merece uma visita, principalmente em um dia de sol. Algumas das atrações são a  Floraris Generica, o MALBA, Planetário, Jardim Japonês, Rosedal. Logo ao lado desse parque fica o Zoológico da cidade, uma boa ideia de passeio para quem está com crianças.  Para que você tenha uma idéia de como estão dispostos estes points por este bairro, segue o mapinha:



Só reforçando que falo sobre todos eles ao longo deste post! S2
Os hoteis dos "Palermos" também são um capítulo a parte e se caracteriza por hotéis-butique e hotéis-design. Mas como nem tudo é perfeito, temos um unico probleminha: Esta região é a mais afastada dos pontos turisticos e o transporte público nao é tããão acessível.  Mas se você é destes que quer e gosta de estar no meio do agito e onde as coisas de verdade acontecem, baby! This is your place. Se você vem sozinha ou em grupo de amigos, This is your place x 2! 
Gordoletas de plantão (como Yo), estão por aí? Palermo é o centro gastronômico da cidade. Os restaurantes mais delicias, estão aqui! Aiiii, deu até água na boca...
Se um dia eu pudesse morar em Buenos Aires, minha charmosa casinha seria em Palermo! Da pra perceber pelo tanto que escrevi sobre ele, né? rs...  Sabe aquele lugar que te abraça e te mima? E ainda te alimenta bem? kkkkk... Então, así es Palermo! S2

Villa Crespo
Boêmio: Assim é Villa Crespo. O novo boom e que, por estar do ladinho dos "Palermos" também vive cheio. Mas não é um um cheio que incomoda, é um cheio que convida! rs Te convida inclusive para gastar, já que aqui é o lugar para quem quer fazer a "Tereza Cristina", rs... Os outlets e lojas de couro ficam concentradas neste bairro... Longe de transporte publico, mas também com tantas sacolas vocês usariam o Táxi, anyway! rs...

E como a minha intenção com este blog é o de fazer você viver Buenos Aires antes mesmo de ir para lá, abaixo segue um mapinha da disposição de alguns dos bairros que eu citei acima:



Voltar Menu




Bom, Buenos Aires tem hotéis para todos os gostos e principalmente todos os bolsos. A definição da sua super estadia também deve levar em conta o que você quer fazer e quanto tempo terá. 


Uma informação importante: na Argentina as diárias de hotel sofrem acréscimo de 21% de IVA (o ICMS deles). Alguns sites de reservas espertinhos acrescentam esse imposto só na hora de fechar o negócio. Se atente a isso...

Abaixo algumas sugestões de hotel desta brazuca que vos fala:

1. NH City Tower (Microcentro)
Esta é a minha opção number one FOREVER, rs... Fica no microcentro, ou seja, é super bem localizado! Esta ao lado da Casa Rosada, Puerto Madero, Feira de San Telmo, Calle Florida, Obelisco e Avenida Corrientes. E o melhor: Você faz tudo isso lindamente a pé! Mega Power Top. E o café da manhã? Uhmmm, merecia um post especial e separado, rs... serio! Abundamente e delicioso... Existem varios hoteis da rede NH na Argentina porém somente este é o super dos supers (na minha humilde opinião, rs). Portanto, já deixem aí anotadinho por enquanto e com uma estrelinha! :)
Endereço: Rua Bolívar, 160 - Microcentro

2. Hotel Faena (Puerto Madero)
Se você tem bala na agulha, kiriiiiido! Sim... este é o seu hotel! Pensa em um lugar phynééérrimo que reúne design, conforto e arte em um dos dos endereços mais descolados da cidade. O spa é um dos destaques, assim como seus seis bares e restaurantes, entre os quais se encontra o El Mercado, que mistura cozinha rústica argentina com o charme de bares europeus. A boa notícia é que se o seu bolso nao comporta a diaria básica deste hotel, você pode se dar ao luxo de passar por lá para tomar um café ou um drink. A Tatoca recomenda, rs =)
Endereço: Rua Marta Salotti, 445 - Puerto Madero

3. Bo Bo Hotel (Palermo)
Se você quer ficar na parte badalada da cidade, esta é uma boa pedida! Misturando o conceito de burguesia e boêmia, o Bo Bo está situado numa antiga casa de 1927, reformada com uma decoração moderna e elegante. Já ouvi falar que o O Bo Bo Restaurant, é uma delicia! Preço justo e localidade boa para os baladeiros de plantão...
Endereço: Rua Guatemala, 4870 - Palermo Soho

4. Magnolia Hotel Boutique (Palermo)
Os mesmos coleguinhas baladeiros que gostaram da dica de cima, devem também dar uma sondada no Magnolia... O motivo??? Simplesmente porque ele foi escolhido o melhor hotel da cidade pelos usuários do ‘Trip Advisor’. Ta bom o quer mais? rs... O hotel funciona numa antiga residência, restaurada e decorada com muito bom gosto. Eu adoro todo hotel com conceito Boutique então, fica a dica! 
Endereço: Rua Julián Alvarez, 1746 - Palermo

5. Querido - Bed and Breakfast (Villa Crespo)
Sim, sim, sim... Este é mesmo o nome do hotel: Querido... E um hotel com um nome deste dispensa comentários né? Mas mesmo assim eu vou fazer, hehe... Situado em meio aos outlets do bairro, ele oferece um ambiente intimista e serviço personalizado. Os donos são brasileiros, a famosa Mari que te recebe com todo jeito Baiano e acolhedor de ser (ela é uma baiana especial). Já na chegada ela te recebe com um mapa, indica os pontos turísticos na cidade e tenta entender um pouco dos seus gostos para poder indicar lugares com o seu perfil. Não é Topper??? S2 ... Café da manhã incluso e caseiro, com a fartura do nosso jeitinho brasileiro.
Endereço: Rua Juan Ramirez de Velazco, 934 (Villa Crespo/Palermo)

6. Soho Point (Palermo)
É um apartamento com regalias de hotel no coração da maravilhosa Palermo. Não tem café da manhã, mas cada apartamento possui uma cozinha, com todos os itens que precisamos para comer por lá mesmo, em qualquer uma das refeições - Tem geladeira, pratos, talheres, cafeteira, ar condicionado, TV, wifi, tv a cabo, telefone, ufa! Tudinho que também encontraria em um hotel com unica exceção: O famoso senhor Mariano! O proprietário do lugar e que é um queridíssimo de todos que já passaram por lá. Os quartos sempre se esgotam rapidamente, portanto se esta é sua escolha, corra e reserve! Ahh, um detalhe bacana: Você vai ter sua própria chave para entrar e sair quando quiser, bem legal. E para pegar a chave na sua chegada, não se preocupe: Super Mariano acompanha eu voo e estará lá na hora da chegada para dar as chaves para você. Outra dica:  Há 3 Soho Point em Buenos Aires: Minha dica é tentar se hospedar no da Rua Malabia mesmo, porque os donos moram ao lado e isto facilita muito a sua vida lá. 
Endereço: Rua Malabia, 1577 - Palermo

7. Mio hotel (Recoleta)
A tradição e o luxo do bairro de Recoleta é pano de fundo para o hotel boutique Mio. Esse é o hotel perfeito pra quem gosta de ser paparicado: cada um dos 30 quartos possui uma banheira imensa, cafeteira Nespresso, produtinhos L’Occitane e, é claro, WiFi gratuito. Hotelzinho TOP e perfeito para quem tem um bolso bem generoso! =)
Endereço: Av. Quintana, 465 - Recoleta

8. Hotel Esplendor (Microcentro)
É um hotek 4 estrelas com ótimo preço e localização. Situado num impressionante edifício construído em 1880, com fachada clássica em estilo neo-renascentista, o Esplendor está localizado no centro de Buenos Aires, ao lado do shopping center Galerias Pacífico e a 100 metros da Calle Florida.
Endereço: Rua San Martín, 780

Amores, estes são os meus top 7 recomendadíssimos e o melhor, sem erro! Se você não quer stress e não tem tempo ou paciência para buscas, pode fechar em qualquer um deles de olhinhos fechados! 

Agora se você quer mais opções, pode consultar os sites de buscas tradicionais, como o booking.com que possui centenas de outras opções. Você pode pesquisar os preços na data da sua viagem, classificando-os por valor mais baixo da diária, notas dos hóspedes e também por bairro. Procure sempre ler a opinião de outros hóspedes antes de reservar o hotel desejado e preste bastante atenção nas condições de pagamento, pois elas podem variar de um hotel para o outro.



Vou dar algumas dicas bem básicas sobre o transporte em BAs, mas quer saber? Ande e ande muito! Se bem que eu acho que nem preciso te dar este conselho, pois a própria cidade de convida para estas deliciosas caminhadas neste pitoresco cenário de ruas arborizadas, misturadas a convidativos cafés, lojinhas, livrarias...Ai, ai! E viva Buenos Aires! =)

Táxi
Facilmente identificados pela cor preto e amarelo. A maioria deles não possui um ponto fixo, mas eles estão em todo lugar (literalmente) em busca de passageiros. Os táxis disponíveis geralmente apresentam um luminoso que fica aceso com a palavra Libre. Quando a luz está apagada, significa que o táxi está ocupado.
O valor da corrida é bem barata e, assim como no Brasil, as tarifas operam com duas bandeiras: a tarifa normal e tarifa noturna (Entre 22:00h e 06:00h).
Se você estiver em um hotel ou restaurante, pode pedir para alguém do local chamar um radio-taxi, que possuem o mesmo valor de um taxi de rua e de quebra te poupa de ficar a espera de algum (Dependendo do horário, pode demorar um pouco ou sempre estar ocupado). 
Como as ruas e avenidas na argentina são muito extensas, na hora de informar um endereço ao taxista, procure saber entre quais ruas fica o número desejado (veja antes no mapa para ter certeza). Exemplo: Se você irá na Av. Corrientes, 1334 - Diga ao Taxista que você quer ir para a Av. Corrientes, entre as ruas Uruguay e Talcahuano.
Os golpes em taxi já sao figurinha carimbada e possivelmente a primeira coisa que você escuta quando diz a alguém que esta indo para a terra portenha. Mas para tranquilizar-los: Eu também já ouvi muitas histórias de pessoas que sofreram algum tipo de golpe dos taxistas em Buenos Aires, mas somente uma única vez eu tive uma experiência ruim (um taxista tentou trocar uma nota minha verdadeira por outra falsa). E olha que eu já viajei MUITO pra lá. Mesmo assim vale a pena o cuidado e algumas precauções como por exemplo, procurar pelos cartazes de identificação, que ficam pendurados no banco do motorista ou passageiro (geralmente há duas folhas, uma com os dados do motorista e outra com as informações do veículo). Isso já lhe da uma certa segurança, pois você sabe que ele é um taxista credenciado. Ahhhh, também se atente ao taxímetro, para ver se ele vai ligar assim que começar o percurso.
Já dei esta dica no comecinho do Blog, mas vale reforçar: Atenção redobrada na hora de pagar a corrida: Antes de entrar no táxi, certifique-se que você possui notas de valor pequeno e tente pagar com notas que mais se aproximem do valor total, evitando assim dores de cabeça desnecessárias.

Metrô 
O metrô de Buenos Aires é chamado de "Subte". As estações são subterrâneas e as entradas são sinalizadas com um portal na rua indicando a cor da linha e o nome da estação, como esta na fotinho abaixo:




Ao todo são 6 linhas (identificadas por letras e cores) e a maioria das linhas, parte da região central da cidade rumo a bairros mais distantes.  Como este blog é muito TOP, abaixo segue o mapa destas linhas que cruzam a cidade:




Para quem vai usar o metrô pela primeira vez, fique atento: as estações são um pouco confusas e muitas vezes a sinalização não é tão boa. Também não espere encontrar um metrô moderno como São Paulo - prepare-se para encarar um metro sujinho e bem velho! Escadas rolantes? Luxo para algumas poucas estações. Mas o ponto positivo disso tudo é que a passagem é bem baratinha, custa apenas ARS 2.50 (+/- RS0,70) ... E a experiência não é tão ruim, people. Vale a economia para tomar uma Quilmes bem geladinha no destino final =)

Outra sequencia de dicas preciosas: Abaixo estão os principais pontos turisticos que percorrem cada uma destas linhas de metrô:

Ônibus
Sinceramente? Eu não recomendo o uso de ônibus para nós que não somos locais. Buenos Aires é uma cidade bem grande e por isso, são inúmeras linhas de ônibus que confundem um pouco a cabeça de quem não é um hermanito. Conselho? Use o metro e se precisar, complete o percurso com Táxi, que como já falei, é baratinho... 
Mas se mesmo assim você optar pelo ônibus, leve moedas! A passagem não pode ser paga com notas (curioso, né? rs)

Ônibus Turístico
Ahhhh este você pode usar! :-)
O ônibus é  bem moderninho e para aqueles que gostam de ter uma melhor vista da cidade, a parte de cima é aberta. 
Ele passa pelos principais pontos turísticos da cidade e funciona no sistema "hop on hop off" - ou seja: os passageiros podem subir e descer quantas vezes quiserem em um dos 24 pontos pertencentes ao roteiro - Quando você desce em um destes pontos, já se depara com uma placa indicativa que contém um mapa dizendo onde você está e informando quais são os pontos turísticos próximos dalí.  Feito o seu tour por este pedacinho, é só voltar para este mesmo ponto e esperar o ônibus passar, para seguir o tour. A frequências entre cada um dos ônibus é de aproximadamente 20 minutos.
sede e início do roteiro é na Florida e Diagonal Norte - no verão, o primeiro serviço sai às 8h40 e o último às 19h - Já no inverno, o primeiro serviço sai às 9h e o último as 17h20. O ticket custa em torno de ARS 250 (a partir de 12 anos) ou ARS 130 (de 4 a 12 anos), vale por 24 horas e pode ser comprado a bordo em qualquer uma destas "paradas autorizadas". 
O circuito tem a duração de aproximadamente 3h30, se for feito sem paradas, mas e a sua vibe for a de ir descendo e curtindo os lugares turísticos, pode reservar um dia todo para este tour.

Minha opinião: Apesar de ser um passeio super cool, só vale a pena comprá-lo se você vai ficar uma quantidade razoável de dias, senão já se joga na sua programação! hehe... 

Voltar Menu


Já se foram os tempos onde a Argentina era o paraíso de compras para nós brasileiros... Hoje em dia os preços não são mais tão atrativos e muitos do que vão com esta expectativa, voltam de lá reclamando que está tudo muito caro. 
Bom, é verdade que não se pode comprar taaaanto como antes, mas a cidade ainda oferece algumas opções atrativas para umas comprinhas básicas! E nós mulheres então, temos dedinhos mágicos para achar estes tão desejados lugares... rs ... Como eu sou mulher e tenho estes dedinhos bem ativos, seguem algumas sugestões de lugares para você voltar sorrindo da viagem! :-)

Winery
Impossível pensar em Buenos Aires e nao ter uma tacinha de vinho neste sonho de lugar... Então vá a uma loja da Winery e torne seu sonho realidade! rs... Eles tem uma grande seleção de vinhos argentinos e internacionais espalhados em uma das várias lojas de bairros conhecidos como Puerto Madero, San Telmo, Microcentro, etc. Veja qual esta mais próximo de você e se delicie...  E não esqueça de solicitar a embalagem especial para facilitar o despacho no aeroporto!
Endereço: Como são várias lojas, verifique a mais próxima de você através do site: www.winery.com.ar

Calle Florida
A Calle Florida (sim Florida e não Flórida,rs) é a rua de compras mais movimentada de Buenos Aires. Ao longo do calçadão, que se estende por 10 quarteirões,  é possível encontrar vários cafés, restaurantes, e muitas... muitas lojas de departamento, roupas, calçados, acessórios, eletrônicos, souvenirs e o tradicional shopping Galerias Pacífico.

Galerías Pacífico
A Galeria Pacífico é muuuito mais do que shopping: Ela hoje é considerada um Monumento Nacional e acabou se tornando um point carimbado para os turistas da cidade! Primeiro pela localização, já que ele está na mais famosa rua de compras, a Calle Florida. Além disso, a galeria tem uma arquitetura de encher os olhos, com uma fonte de água no interior e várias pinturas no teto.
Dica extra: o Centro Cultural Borges, fica dentro das Galerías Pacífico. Entre no site e confira a programação, sempre rica e muito diversificada como shows de tango, concertos, exposições, etc.
* Endereço: Calle Florida esquina com San Martín

Avenida Santa Fé
A Av. Santa Fé é imensa: começa na Plaza San Martin e vai até a Plaza Italia, já no bairro de Palermo (onde ela muda de nome e torna-se Cabildo, mas continua bem comercial). Não é necessariamente a rua mais bonita ou charmosa da cidade, mas é uma boa pedida para fazer compras, já que lá você vai encontrar filiais de lojas como Zara, Nike, Adidas e também algumas marcas locais. Caminhando pela extensão da Santa Fé você vai ter ainda outro centro de compras, o Shopping Alto Palermo, além de passar pela livraria El Ateneo.

Shopping Paseo Alcorta
Também uma boa opção pra quem está atrás do mix marcas internacionais + lojas locais. Como um bom shopping, tem de tudo um pouco: moda, praça de alimentação, eletrônicos, etc. Localizado entre os bairros da Recoleta e Palermo, está bem próximo ao Museu MALBA. Tem boas lojas e não é tão grande e cansativo quanto alguns outros. No último andar, junto à praça de alimentação, há um terraço ao ar livre de onde é possível observar a movimentação dos aviões pousando e decolando Aeroparque.
* Endereço: Av. L. Alcorta Jerónimo Salguero, 3172

Shopping Patio Bullrich
Comparando com os outros shoppings da cidade, o Patio Bullrich é super pequeno, mas é de longe o mais luxuoso. Hugo Boss, Max Mara, Salvatore Ferragamo, Osklen, Diesel, Lacoste e Timberland são algumas das lojas que você vai encontrar por lá. Boa opção para os meus lindos leitores RYYCOOOOS que estarão hospedados no Faena! hehe
* Endereço: Av. del Libertador, 750

Abasto Shopping
O Abasto tem mais de 200 lojas e está localizado no edifício do antigo Mercado Municipal de Buenos Aires. Possui uma estação de metrô (Estação Carlos Gardel – Linha B) que dá acesso direto ao shopping. 
*Endereço: Av. Corrientes, 3247

Buenos Aires Design
Localizado na Recoleta, bem próximo ao famoso cemitério, este shopping é mais voltado para artigos de casa, como acessórios, móveis e eletrodomésticos. Tem alguns restaurantes bacanas e a unidade argentina do Hard Rock Café.
*Endereço: Av. Pueyrredón, 2501 – Recoleta

Outlets
A Córdoba é a avenida dos outlets. São dezenas de lojas gênero, algumas de marcas conhecidas, como Levi’s, Adidas, Nike, Puma, Lacoste, entre outras. Se este é o seu foco, coloque seu tênis e caminhe tranquilamente por toda extensão da Avenida Córdoba! :)

Isadora
Aiiii... esta é para a mulherada perua, como eu! rs... A Isadora é uma rede de loja que vendo tudo que nos enlouquece: bijuterias, bolsas, lenços e todo tipo de acessórios de moda. Existem várias lojas pela cidade, e a variedade de estilos é bem grande. Eu sempre entro em todas e sempre acho alguma coisa legal.... #PeruasAtivar

Fallabela
A Fallabela é uma rede de lojas de departamento chilena e possui seis unidades em Buenos Aires, sendo três ao longo da Rua Florida. É um bom lugar para fazer compras e sempre há produtos em promoção. Próxima às Galerias Pacífico. Apesar de ser uma loja de departamento, vale uma visitinha rapida.
Endereço: Calle Florida 202 e Florida 343 (são 2 lojas diferentes)

Oh my love - Tienda de Deseos
Entrei nessa lojinha muito por acaso e sem a menor expectativa (já que achei tudo na feirinha bem estranho, rs) mas para a minha surpresa a loja é uma fofurice só! Eu fiquei completamente apaixonada... Tudo que você possa imaginar de coisa linda para decoração tem por lá, e o melhor de tudo: muito barato! Eu sou tão apaixonada por esta loja, que para que vocês possam ver a coisa fofa que ela é, resolvi colocar a fotinho abaixo:




Ela é pequenininha, mas como vocês puderam ver (e espero que agora entendam a minha paixão, rs) é ultra top! 
Endereço: Defensa 525 – San Telmo


Voltar Menu



É impossível alguém voltar de uma viagem a Buenos Aires dizendo que passou fome. aqueles assustadores numeros "a mais" na balança serão inevitáveis! rs... Como qualquer outra grande metrópole, possui uma grande quantidade de bons restaurantes que agradam a todos os gostos e principalmente todos os bolsos. As carnes argentinas são o grande destaque da culinária local, mas os bistrôs, cafés e sorveterias também não deixam a desejar. Puerto Madero e Palermo são as principais zonas gastronômicas, mas há boas surpresas espalhadas pela cidade inteira. Confira minhas dicas e volte deliciosamente rolando da viagem...

Sem mais, desde a profundidade de minhas comestíveis lembranças, hehe :P

Bom apetite.

Los Inmortales
Uma das pizzarias mais tradicionais da cidade, que completou 60 anos anos em 2012. Existem 5 endereços, mas tente ir na da Av. Corrientes. Além da pizza, peça também uma porção de Fainá, massa feita com grão de bico. Eu particularmente acho esta pizzaria melhor e mais saborosa que a Guerrín! :)
* Endereço:

Pizzaria Guerrín

A Guerrin é praticamente um estilo de vida, hehe. Além de ser um clássico da capital portenha, Guerrin é um ícone: Foi fundada em 1932 e não tem franquias.
Durante o dia é frequentado por locais e normalmente estão bem apressados, mas à noite o publico muda - tem famílias e casais que foram antes a algum teatro das proximidades e ainda mais a noite por todos aqueles que caíram na balada e precisam eliminar os efeitos do álcool.
Foi declarada Patrimonio da Cidade e uma das melhores pizzas do pedaçõ, mas nao espere nada fashion! rs... Pelo contrario: É meio largadinho e o atendimento é bem ruim, maaaaaas... A pizza é boa! rs... Aliás, boa e bem pesada! Quem esta de dieta deve passar do outro lado da rua, hehe
As empanadas daqui também sao bem famosas por serem saborosas e bem servidas. Vale experimentar! 
Onde: Avenida Corrientes, 1368

Cabaña Las Lilas
Os proprietários são os mesmos do tradicional Rubayat (que fica em São Paulo) e bem famoso por lá. Pra mim, um dos melhores restaurantes de Buenos Aires... Desde o atendimento e decoração, até a qualidade dos pratos e sem dúvida, a carne mais saborosa. E não sou só eu que faço parte deste grupo de admiradores: Ele é considerado um dos melhores restaurantes da cidade. 



Faça sua reserva com antecedencia e em uma das mesas da varanda que te permitem curtir o visual de Puerto Madero enquanto você come praticamente rezando! rs... Para os amantes de vinho, a carta é bem variada e mostrada para o cliente num iPad. 
Um pouco mais caro se comparado aos restaurantes locais, só que bem mais em conta se comparado ao que seria sua conta no Rubayat. Para quem gosta de carnes nobres e não se importa de gastar em gastar um pouco mais por uma refeição bem servida e de excelente qualidade, vale muito a pena.
* Endereço: Av. Alicia Moreau de Justo, 516

La Cabrera
Um dos restaurantes mais disputados de Palermo. Faz tanto sucesso que teve que abrir uma filial a poucos metros da matriz, ambos na mesma rua. O La Cabrera foi eleito o 17º melhor restaurante da América Latina e o nº 2 da Argentina. É ideal para quem deseja comer bife de chorizo, ojo de bife e outras carnes nobres. Os pratos são bem fartos e alguns servem duas pessoas. É bom chegar cedo para evitar a fila de espera por uma mesa. É possível reservar com antecedência diretamente pelo site do restaurante.
Endereço: José Antônio Cabrera, 5099 e 5127

Osaka
É um restaurante peruano/oriental especializado em peixes e frutos do mar. O delicioso e refinado restaurante Osaka hoje está presente na Argentina, Santiago, México, São Paulo e claro, em Lima, no Perú - onde tudo começou. Em Buenos Aires, tem dois endereços: Puerto Madero e Palermo (onde aos domingos é oferecido a opção de Brunch) e neste tipo de culinária é o mais famoso da cidade. 




É um restaurante caro, mas que você precisa ir pelo menos uma vez na sua vida! A qualidade da comida e a atenção aos detalhes e apresentações dos pratos, vale cada centavo! E peça um Pisco Sour para bebericar... 
Endereço: Rua Soler 5608 (Palermo Hollywood) e Rua Juana Manso 1164 (Puerto Madero)

El Gato Negro
Sabe aquele lugarzinho que entra no seu TOP 5? Extremamente aconchegante e que "te abraça" quando você entra? Então, assim é o El Gato Negro para mim... O aroma e charme deste lugar são unicos em Buenos Aires! 
É uma casa de chás que existe desde 1929 e foi fundado por um espanhol que tinha viajado por toda a Ásia e Sibéria, comercializando especiarias. Na verdade,o lugar começou exatamente como uma loja de venda de especiarias e foi incorporando o chá e restaurante.



Não perca a chance de visitar este lugar thuco assim que por os seus pezinhos na Argentina! 
Endereço: Rua Corrientes 1669

Siga La Vaca
O próprio nome já indica o que você vai encontrar por lá: CARNE! rs ... É um clássico da turistada, mas nao espere algo parecido com o nosso rodizio no Brasil. Você paga um preço fechado e tem tudo incluso neste valor: Buffet (frios, queijos e saladas) arroz, batata frita e as carnes, que ficam dispostas em uma grelha enooorme e são servidas pelos churrasqueiros. O chimichurri, tempero inseparável do churrasco, encontra-se em grandes tigelas ao lado da grelha. 
Além disso, também esta incluso no valor uma sobremesa e a bebida, que pode ser refrigerante, cerveja (ambos servidos em uma jarra de 1 litro) ou uma garrafa de vinho branco ou tinto (sim, uma garrafa ou jarra por pessoa, rs). Portanto, se você quer um lugar para comer e e beber até morrer, siga la vaca! hehe



 

Como sou muito sincera eu preciso dar a minha opinião: Apesar de ser um restaurante que caiu no gosto dos brasileiros (talvez porque voce pode comer até morrer, rs), ele de verdade nao me apetece! Acho o lugar meio "largado",  nao tem um atendimento diferenciado e nao acho a comida tão boa assim. Quem gostar de restaurante mais thuquinho, com detalhes, cuidado e tal provavelmente vai fazer parte do meu time! rs... Mas é como eu falei acima: É um point para os turistas - Vale a pena você ir e tirar suas próprias conclusões. 
Possui 4 endereços na Argentina, mas vou colocar abaixo somente o de Puerto Madero que é o mais acessível e tradicional de Buenos Aires. Em Palermo e em Belgrano tem também o Siga la Vaca mas é um esquema Express, recomendo ir no de Puerto Madero. Para saber a localização de demais, por favor, acesse o site - www.sigalavaca.com
Endereço: Rua Alicia Moreau de Justo 1714 - Puerto Madero

Café Tortoni
Foi fundado em 1858 e é um dos lugares mais tradicionais de Buenos Aires! O Tortoni foi considerado pelo UCityGuides um dos 10 cafés mais bonitos do mundo – e espaço é mesmo lindo, além de ser uma espécie de túnel do tempo graças a decoração que mantém o aspecto original e da atmosfera que evoca os antigos frequentadores, como García Lorca e Jorge Luis Borges. 
Comparado a outros cafés ele tem um custo um pouco mais elevado e frequentemente está cheio... Por isso, pode ser que você precise esperar uns minutinhos na porta para entrar, mas de verdade? Super vale a pena uma paradinha principalmente se for sua primeira viagem! Na verdade eu acho que ele é parada obrigatória na primeira viagem, segunda, terceira... rs




Eles possuem a melhor medialuna de Buenos Aires! Aliás, além das medialunas, recomendo o super "desayuno argentino": Chocolate quente com churros e doce de leite! uhmmmmm..... Entre nem que seja só para tomar um cafézinho (se você aguentar, ehehe)
* Endereço: Avenida de Mayo 825 


Pani Deli
Já tinha escutado falar muito deste Bistrô, mas tinha uma certa resistência em arriscar conhece-lo. Até que um dia eu decidi ir, acompanhada da minha amigona Aninha e de verdade esta visita foi uma positiva surpresa! Quem me conhece sabe que eu não poupo elogios ao Pani e sou apaixonada por todos os seus fru-frus e pelas comidinhas boas e atendimento super caloroso! Ja por fora, ele te conquista. E seguindo a linha que eu coloco foto de tudo que eu mais amo, se apaixonem comigo pelo lugar:




Por dentro é uma frescurite gostosa de meninas, cheio de tranqueirinhas fofas para comprar... Quando o tempo colabora, o terraço fica aberto
Eu o recomendo para absolutamente todo mundo! Menos para os meninos, hahaha... 
Queridos, sorry, mas este lugar é definitivamente para as gateeeenhas! rs
Onde: Nicaragua 6044 (Palermo Hollywood)

Library Lounge
Fica no finéééérrimo Hotel Faena e a decoração é simplesmente apaixonante! E não poderia ser diferente, já que o dono gastou a bagatela de 40 milhões de dólares para deixar o local deste jeitinho... Kiriiiiidos, deu pra entender o clima?! O minimo que você gastará por alí será de uns 80 pesos para tomar um drink, mas viver este clima chiquerrimo, em um hotel chiquerrimo e com frequentadores chiquerrimos, meus amores! Compensa... rs! 
Já que pernoitar no hotel é para poucos, se presentei com este drink ou um café, no final da tarde e ao som de um bom jazz! #Ryyyyyycos #GostoAssim
Endereço: Rua Martha Salotti,  445 - Puerto Madero

Plaza Mayor
Fica  em frente ao Campo dei Fiori mas é mais famosinho, pois caiu no gosto das celebridades internacionais que visitam Buenos Aires, como a Lagy Gaga. O restaurante é espanhol, não apenas no menu mas também na decoração de atmosfera vibrante
* Endereço:

Sucre
O Sucre está um pouco longe do Centro da cidade, mas vale muito a pena. O cardápio do é de cozinha internacional e apresenta nove opções de pratos individuais, entre carnes, peixes e massas.
Em uma premiação recente que elegeu os 50 melhores restaurantes da América Latina, ele ficou em 29º lugar, e se considerarmos apenas os restaurantes da Argentina, ele ocupa a 6ª posição.  Tem um ambiente bacana com um grande salão, que tem a cozinha aberta ao fundo, uma adega de vinhos no centro do restaurante e um grande bar na lateral, com um paredão iluminado repleto de bebidas.
É bom reservar com antecedência, pois o local é bem requisitado. A reserva pode ser feita facilmente pelo site do restaurante.
Endereço: Mariscal Antonio José de Sucre, 676 – Belgrano

El San Juanino
Se você é apaixonado por empanadas ou tem curiosidade de provar esta delicia de tanto que já ouviu falar, você precisa conhecer "El San Juanino". Isso porque ele sem duvida tem as empanadas mais deliciosas de Buenos Aires! Ele já foi indicado por diversos guias internacionais, sendo até destaque no The New York Times. 
Ele agora tem 3 endereços na argentina, mas o pioneiro e mais tradicional é o que fica na Rua Posadas. O restaurante é bem simples, pequeno, apertadinho e com decoração bem particular. Mas como a comida é muito boa esta sempre lotado! Dificilmente você vai chegar lá e nao pegar uma filinha básica de no mínimo 20 minutos. Mas passa rápido, acredite! 
Tudo lá é super top, com exceção do atendimento... Já falei para vocês que o atendimento na Argentina esta longe do que temos aqui no Brasil, mas o do San Juanino em alguns momentos é tão fora do normal (no sentido negativo) que seja a ser engraçado! rs. Como o lugar é pequeno e esta sempre cheio, a realidade é que o garçon não da conta de tirar pedido, entregar, limpar mesa (sim, só 1 faz tudo, rs) e aí é tanta pressão que o cara nao aguenta... rs. Inevitavelmente o que você mais ouvir do garçon é: "Calma!!! Tenga paciência!"... hahahahahahah
Hei, e eu só coloquei este ponto para vocês já irem preparados, mas isso nao invalida de forma nenhuma a ida ao restaurante, ok? Aliás, é um lugar impossível de ir apenas uma vez! :)

Agora se você quer experimentar estas empanadas, mas não tem paciência para filas ou fica irritado com um atendimento não tão bom, aqui vai uma dica especial: todos os pratos podem ser encomendados e nesta você ainda sai em vantagem, pois o preço cai quando você leva ao invés de comer no local (Dá pra acreditar? rs). As empanadas no restaurante custam 9 pesos, mas se você levar para viagem, elas saem por inacrediáveis 5,50 pesos! Uma pechincha, rs
E fique atento ao horário: Eles abrem e fecham com pontualidade britanica e não abrem nenhuma exceção! rs
Endereço: Calle Posadas, 1515 (quase esquina com C/ Callao) - Recoleta
Horario: Todos os dias, das 12h às 16h e das 19h à 1h.

Fervor
O Fervor é um restaurante que tem as saborosas carnes como carro chefe. Um lugar super aconchegante e com excelente atendimento.
Para quem curte ir em lugares badalados, alguns famosos batem cartão por aqui quando visitam Buenos Aires, como Karl Lagerfeld, Bono Vox e Chico Buarque.
E já que você está em um restaurante na Argentina e especializado em carnes, eu sugiro pedir como prato principal a tradicional parrilladas de carne acompanhado das batatinhas provençais . Um prato serve tranquilamente 2 pessoas. Para acompanhar, tome o vinho tinto argentino La Linda Cabernet Sauvignon. 
O Fervor é um dos 10 restaurantes vencedores do Travellers’ Choice 2014 do TripAdvisor, na categoria sofisticados favoritos dos viajantes na Argentina. Nem preciso dizer que pode e deve estar no seu roteiro gastronomico, né? 
Endereço: Calle Posada, 1519 (Exatamente ao lado do El San Juanino) - Recoleta

Cabrera
Especializado em carnes e esta na lista dos melhores restaurantes da América Latina. O grande diferencial é sem duvida os acompanhamentos que vem em cada prato. E aqui um prato também serve (e muito bem) 2 pessoas.

Hard Rock Café
Este não é um restaurante tipico ou exclusivo da Argentina, mas como eu adoro e ele sempre se torna parada obrigatória no meu roteiro se tem alguma filial no destino escolhido, resolvi falar dele também! 
Se você não conhece o Hard Rock, aqui vai uma pequena resenha: Ele é um dos bares mais famosos do mundo seguindo o próprio nome, tem toda uma temática estilo Rock’n Roll. Os restaurantes possuem como parte da decoração fotos ícones do rock e guitarras. Tem várias unidades espalhadas pelo mundo, mas ainda nenhuma filial no Brasil. Talvez por isso ele seja tão frequentado por nós nas visitas a terra portenha. 
Aliás, na Argentina por falta de uma possui duas unidades. Porém recomendo a visita na filial da Recoleta (que é a mais famosa) e fica dentro do shopping Buenos Aires Design. Lá, você encontrará uma guitarra Flying V usada pela banda Megadeth quando foram em Buenos Aires no ano de 1997; O terno usado pelo Paul McCartney no filme “A hard days night”; Uma bota do eterno Michael Jackson, a bateria que a banda Argentina Soda Stereo usou no acústico da MTV, dentre varias outras coisas.
Mesmo se o Rock não for seu estivo, dá uma passada por lá. O forte do cardápio são os hamburgueres acompanhados sempre de uma boa musica e algumas vezes por uma banda ao vivo.
Endereço: Shopping Buenos Aires Design (Avenida Pueyrredón, 2501 com Libertador, 1119)

La Brigada
Tradicionalíssimo e tem como marca registrada, os garçons que cortam os assados (carnes) com uma colher. Funciona em um sobrado decorado com posters, bandeiras e flâmulas de futebol.  
Uma boa sugestão é aproveitar a sua ida a feira de San Telmo no domingo e almoçar por lá. Mas é importante se programar e fazer a reserva antes, caso contrari ovocê ficará muuuuuuuuuito tempo na fila de espera! 
Endereço: Estados Unidos, 465

Don Julio
O restaurante faz jus à fama da culinária argentina, exatamente pelo fato de servir aos clientes um dos melhores bifes de chorizo ou bife de costilla como pratos principais. A carne é incrível e me arrisco a dizer que será uma das mais macias e suculentas que você já comeu na sua vida.  Sugestão: Peça como acompanhamento as papas españolas.
Além disso, o próprio restaurante em si é muito bonito e decorado com inúmeras garrafas de vinho com recadinhos deixados nos rótulos pelos próprios frequentadores!  




Um jantar nesse lugar é, sem dúvidas, imperdível. E não se esqueça de pedir um vinho e também deixar o seu recado na garrafa para todos que passarem pelo restaurante! =)
Endereço: Guatemala 4691 - Palermo Soho

Freddo
A sorveteria Freddo é a mais famosa da Argentina e há várias unidades dela em Buenos Aires. Uma das mais concorridas fica em Puerto Madero, localizada no dique 1 e que registra filas com frequência.  Vale reforçar que a Freddo já não é mais uma exclusividade argentina, já é possível encontra-la em algumas cidades aqui no Brasil, com os mesmos sabores de sorvetes oferecidos lá. 




Mas mesmo se você já conhece-la por aqui, nao perca a oportunidade de experimentar o sorvete onde ele tem suas raízes! :)
Endereço: Av. Alicia Moreau de Justo 292

Krishna - Vegetariano

A decoração é mística e colorida. As mesas são baixinhas e há vasos de flores naturais. Nas paredes, imagens de divindades hindus, palavras em sânscrito, frases dos livros sagrados e espelhinhos que refletem a luz natural entrando pela porta que dá para a calle Malabia. Este é o cenário do restaurante comandado pelo chef indiano Ramde Modhavadya, aberto em Buenos Aires no começo dos anos 2000, quando ainda havia poucos vegetarianos na capital.
O restaurante faz questão de explicar no menu que “todos os alimentos, vegetais, farinhas, lácteos, especiarias e frutas são preparados com amor e devoção, sem provar, como uma oferenda a Krisha, quem os transforma em Prasadam (palavra sânscrita que significa misericórdia)”. E garante que “tomar algo oferendado a Deus limpa o coração”.
Fofo né?! Mil coraçõezinhos.... S2 S2 S2 É um lugar pra passar um tempo tranquilo e comer sem pressa. E que aliás vale a pena conhecer por que é ou não vegetariano.
A casa abre todos os dias para almoço e jantar (às segundas, na verdade, somente para jantar).
Endereço: Malabia, 1833 – Palermo

Voltar Menu





Café de Los Angelitos (Show de Tango)
Pode soar como furada turística, mas ver um show de tango durante o jantar é um programa divertido e não tem como não ser tomado pela emocão do tango. O Café de los Angelitos oferece um preço fechado, que inclui entrada, prato principal e sobremesa.
* Endereço:

El Viejo Almacén (Show de Tango)

Um dos lugares mais conhecidos para o combo jantar + show de tango, localizado no Palermo. É possível solicitar a reserva pelo site, o valor também é fechado (eles tem menu vegetariano).
* Endereço:

Tango Porteño (Show de Tango)
Este outro show muito popular na cidade que também oferece jantar. As apresentações ocorrem todas as noite, de segunda a domingo. A casa abre as 20:15h para quem deseja jantar antes do espetáculo e o show de tango tem início por volta das 22:00h, com duração aproximada de uma hora e meia. 
É um show relativamente caro, mas é preciso levar em consideração que é uma grande apresentação teatral/musical precedido de um jantar com entradas, prato principal, sobremesa e vinhos à vontade. Vale ressaltar que o preço do Tango Porteño está um pouco abaixo dos outros dois grandes shows da cidade. 
* Endereço:Cerrito 570 – Centro (próximo ao Obelisco e a poucos metros do Teatro Colón)

Señor Tango (Show de Tango)
Produção estilo Broadway: É isso que você irá encontrar no Señor Tango, com um espetáculo que conta com mais de 40 artistas, músicos e dançarinos (Não espere encontrar aqui nada muito intimista) dirigidos por Fernando Soler, cantor e figura central do espetáculo. Ah, e também dono do estabelecimento. Ta bom? rs
Antes do show, você pode optar pelo jantar, mas prepare o bolso: A refeição é um pouco salgada... Como a casa é muito concorrida, faça sua reserva com antecedencia diretamente pelo site. 
O ingresso mais barato custa em torno de 300 pesos sem o jantar. Com o jantar incluído, o valor passa para cerca de 700 pesos. Está localizado no Bairro de Barracas, próximo ao centro e apesar da boa localização, oferece o serviço de transfer para os hotéis - já incluídos nos preços informados acima. (Horários: Jantar as 20h30 e show as 22h)
Vá de coração aberto, mas saiba que você vai sair fazendo parte de um dos dois times de espectadores que ja passaram por lá: Me ame ou me odeie! rs
Uma curiosidade: O espetáculo do Señor Tango foi declarado de interesse cultural pelo Ministério da Cultura do Governo de Buenos Aires.
Endereço: Vieytes 1655, Barracas

Asia de Cuba (Baladinha)
O Asia Cuba é lindo, todo decorado no estilo oriental. Tem como forte a comida japonesa e com preços ótimos! Se você reservar uma mesa para jantar, não paga entrada e pode ficar quando a baladinha começar (por volta de 1h da manhã). 
Comida boa, banda animada e um DJ que manja dos "paranauê" rs... Quem gosta de curtir a noite sentadinho, recomendamos ir mais cedo para jantar e ja garantir o seu lugar. 
Ah, importante: A partir da 1h da manhã as bebidas ficam mais caras (mesmo para quem chegou para jantar) 
Endereço: Pierina Dealessi 750 - Puerto Madero (ao lado do Hilton)

Gran Bar Danzon (Bar/Restaurante)
O lugar vai parecer estranho e você vai ter a sensação de que o taxista te levou para o lugar errado, rs... Isso porque o Danzon fica em uma rua meio esquisita e um pouco deserta, principalmente a noite. Mas não precisa ficar com medo, é super tranquilo. Ao chegar na rua, procure pelo numero com atenção (não tem nenhuma placa indicando o nome do restaurante) e quando encontrá-lo, você verá que será uma portinha com uma enorme escada meio escura, daquelas que fazem você pensar: "God querido, onde eu fui me meter?!"... Acredite na luz da vela que você vai ver lááá no final da escada, respira e comece a subir que esta primeira (e estranha) impressão vai embora e dará espaço a todo o encanto do lugar assim que você entrar no bar!  Um lugar chique, ambiente mais romantico a meia luz, com gente bonita e bem vestida, bom som e drinks lindos passando de um lado para outro, tudo lindo! Garanto que você nem vai lembrar da escada, hahahah - Vale dizer: Ele esta na lista dos Top Bares do mundo!



O Gran Bar Danzon é famoso por seu wine bar, que oferece não apenas uma ótima seleção de vinhos argentinos, mas também uma ótima seleção de coquetéis. Caso a ideia seja emendar os drinks com um jantar, o menu japonês é uma excelente opcão. O interior é todo iluminado por velas e tem uma atmosfera bem romântica. Chegue cedinho ou faça reserva. 
* Endereço: Libertad, 1161
*Quando: Segunda a sexta, a partir das 19h. Sabado e Domingo, a partir das 20h

Rosebar (Baladinha)
Baladinha linda, bem estrutura e é point não só entre os Argentinos! Lá você encontrará muita gente bonita, de diversos lugares do mundo e de todas as idades... Tantas diferenças com um propósito comum: Curtir uma noite divertida e com muita disposição a dançar tanto musica eletronica como o tradicional Reggaeton! 
A balada começa por volta das 2h, mas a partir das 19h a casa funciona como um bar - iniciando pelo happy hour. Se puder, chegue cedo, curta um bom drink e de quebra se livre de enfrentar as enormes filas que ficam por la durante a madrugada. 
Ah, gente mal vestida não entra por lá. Sim, a casa tem dresscode! Portanto, vá bem arrumadinho :)
Foi eleita a melhor balada das sextas-feiras e se puder escolher evite o sábado que é o dia em que la fica mais cheia. Se você conseguir colocar o nome na lista a entrada é de graça! 

Isabel Bar (Bar)
Este é de longe o bar mais lindo de Buenos Aires e acho que um dos bares mais lindos do mundo inteiro! Mas quando eu falo que ele é lindo, é lindo DE VERDADE!  Tão lindo que vale a pena ir só pra ver a decoração, rs... sério! 
Um clima meio retrô, com o teto inspirado no museu  Whitney Museum of American Art de Nova York, com luzes que mudam de cor conforme a música.E como uma imagem vale mais que mil palavras, uma fotinho abaixo só para apetece-los: 





Ai gente, não é pra rir mas mas não deixe de conhecer o banheiro! hahahaha. Ele com certeza será diferente de tudo que você já viu, com vários espelhos por todos os lados e paredes, fica difícil até entrar no banheiro certo ou encontrar a saída, rs... É uma sensação única deveria ser só um banheiro! hahaha 
E como tudo por alí é diferente, o bar tem uma particularidade: Ele tem uma moeda própria chamada "Isabelina", que custa cerca de 20 pesos cada. Você já as compra assim que entra e deve usá-las para gastar no bar. E seja generoso ao comprar as isabelinas, porque o bar é carinho... 
O lugar não tem identificação na entrada, mas para ajudá-los: A porta é dourada e fica ao lado do restaurante Casa Cruz. E seguindo a linha das baladas, aqui também começa tarde! Não chegue antes da 00h.
Os frequentadores são uma mistura de povo de Gossip Girl com os do Sex And The City, então vale reforçar que se você não estiver bem vestido baby, NÃO entra! 
Então suba no salto e arrasa no carão! =)
Endereço: Rua Uriarte, 1664 - Palermo Soho.

Frank's (Bar)
Gente... Este é maximo! hahaha... Primeiro imagina uma grande porta, que poderia tranquilamente passar totalmente desapercebio na rua Arévola. Você quer entrar, então bate na porta e eis que uma frechinha se abre seguido da pergunta: “Qual é a senha?”
E sim, você só entra se acertá-la! hahaha - Este é o lance do Secreto Frank's!
Mas calma, você tem como buscar dicas e pistas para acertá-la na pagina do bar no Facebook. 
Se você responder corretamente, o segurança vai levá-lo a uma cabine telefônica  (fãs de Harry Potter piram nessa hora). Lá, você deverá discar o número que ele te der e uma porta se abrirá para finalmente você entrar no bar. 
Mas o porque disso tudo? Simplesmente para reviver o antigo conceito de bar speakeasy, que eram bares ilegais e escondidos nos EUA da época da Prohibition Era, ou Lei Seca, (1920-1933 mais ou menos), quando era proibida a venda de bebida alcoólica. 
E nesta época, eles usavam todos os artificios possíveis para "camuflar" o bar: senha, subterrâneos de lojas “fachadas”, portinhas escondidas e etc, mas tudo com a mesma ideia: fale baixo para não chamar a atenção dos guardas e fale baixo sobre o local com outras pessoas para que ele não seja descoberto, ou melhor: speakeasy!
Os dois bares que adereriam esta moda e que eu pode visitar são simplesmente um charme e entraram para a lista dos mais bacanas: Um é este (Frank's) e o outro eu já falo na sequencia (Floreria Atlântico). 
Ficou curioso? Então para ajudá-lo nesta super missão, segue uma fotinho da frente do bar para facilitar sua busca, rs:



A decoração lembra bastante os anos 20, e só a entrada com todo o mistério da senha e do telefone  já vale a visita.
Endereço: Arévalo, 1445

Floreria Atlântico (Bar)
Ao parar na porta, você inevitávelmente vai pensar: "Uma floricultura?" ... E sim, é uma floricultura (floreria). Mas ao entrar, você vai perceber que tem uma portinha de aço grande em um dos cantinhos... Aí entre uma flor e outra, faça a "egípcia", abra a porta e desça as escadas até o subsolo. 
E aí.... Tcharãããããn: Lá está o super cool bar Floreria Atlântico. A decoração tem um "Q" meio maritimo, para te dar a sensação de estar em um navio antigo (por isso o "atlantico" acompanha o nome).
E detalhe: Eu já vi o Floreria figurar em várias listas e rankings internacionais como o World Best 50 Bars.
O bar só tem uma coisa ruim: Ele fica no subsolo, então por ser um bar totalmente fechado, os pratos que eles servem ficam circulando pelo ar e inevitavelmente vao deixar este cheiro na sua roupa, cabelo... Mas nada que um banho não resolva, não é minha gente! :)
Endereço: Arroyo 872 – Recoleta

Las Cañitas
Em atualização

Voltar Menu





Livraria El Ateneo
A livraria, que ocupa o espaço que um dia foi um teatro (fica fácil descobrir isso ao entrar lá), foi eleita pelo jornal The Guardian como uma das dez mais bonitas do mundo. Ótimo passeio não apenas para os ávidos leitores mas também pra quem curte arquitetura.
*Onde:
*Quando:
* Preço: 30 pesos

Feirinha de San Telmo
O bairro de San Telmo é conhecido justamente pela feira de antiguidades que acontece todos os domingos desde 1970 e se estende por mais de 10 quarteirões.  Como toda feira do tipo, é preciso de calma e paciência para andar (porque vive cheio) e principalmente se você quiser comprar algum souvenir portenho.
Circular por esta feirinha é como fazer uma viagem ao passado. São centenas de barraquinhas espalhadas pela Praza Dorrego e ao longo da Calle Defensa, vendendo todos os tipos de objetos possíveis, imagináveis e até bizarros MESMO! rs...  Louças, móveis, luminárias, jóias, selos, placas, garrafas, discos de vinil, brinquedos, roupas, artigos de decoração e muitos outros objetos. Alguns deles bem estranhos, hehe. É sem duvida um feira no mínimo exótica que sim, sim e sim tem que fazer parte do seu roteiro!
Tem uma lojinha na feira, bem na Calle Defensa que assim... Você TEM que visitar! A loja se chama "Oh my love - Tienda de Deseos". Falei sobre ela no topico "Compras" - Tem até fotinho... 
*Onde: Calle Defensa (partindo da Plaza Dorrego em direção à Av. de Mayo)
*Quando: Somente aos domingos, das 10h as 17h

Mafalda
Quem passa pela esquina da Calle Defensa com a Calle Chile no domingo de manhã durante a feirinha vai encontrar uma grande aglomeração em volta do banco mais disputado de San Telmo. Nele está sentada a boneca Mafalda, uma personagem de desenho muito popular na Argentina, que começou como tirinhas de jornal e depois teve vários livros publicados. Ela está ali, pois naquela esquina morava o cartunista argentino Quino, criador da personagem.




Aproveite o passeio e tire a tradicional foto sentadinha ao lado da Mafalda! :) ... Por conta da muvuca da feira de domingo, recomendo uma passadinha por lá em qualquer outro dia da semana para o click com ela.

Plaza de Mayo
A Plaza de Mayo faz parte da história de Buenos Aires e hoje é a principal praça do país. Ela já foi palco de grandes protestos e momentos marcantes na história da Argentina desde a sua fundação, em 1580, como o juramento da independência (Em 1816) e da proclamação da Constituição Nacional (Em 1860). Depois foi palco de movimentos marcantes, como a Revolução de Maio, que aconteceu em 1860 e foi responsável pelo atual nome da praça. 
Ela está localizada no centro da cidade, é rodeada de edifícios históricos e lá estão algumas das principais atrações turísticas de Buenos Aires, como a Catedral Metropolitana e a Casa Rosada (falo dos dois na sequência! Fala sério, este blog é muito completinho, né? rs)
Todos os domingo, a Plaza de Mayo é palco da manifestação “Mães da Praça de Maio”, formada por um grupo de mães, avós e parentes na luta pela memória de filhos e netos desaparecidos durante a ditadura militar argentina. Há diversas faixas de protesto espalhadas pela praça, assim como grades de contenção próximas à Casa Rosada, para evitar que outros tipos de manifestações mais conturbadas cheguem até a sede da presidência do país.

Catedral Metropolitana de Buenos Aires
Sua fachada lembra os antigos templo gregos e é a principal igreja católica da cidade. Foi construída no século 18 e abriga o túmulo do general San Martín, líder da independência argentina.



Era nesta igreja que o Cardeal Arcebispo Jorge Mário Bergoglio, o Papa Francisco, celebrava suas missas quando ainda estava na Arquidiocese de Buenos Aires. 

Casa Rosada
A Casa Rosada é a sede da presidência da República Argentina. Sobreviveu a uma ditadura militar e hoje é símbolo da resistência argentina.
É possível fazer uma visita guiada gratuita no interior do edifício todos os sábados, domingos e feriados, das 10:00h às 18:00h. A visita tem inicio a cada 10 minutos, tem cerca de uma hora de duração e é guiada por um funcionário da casa para um grupo de cerca de 30 pessoas. 

Caminito
Uma pequena vila colorida localizada no antigo bairro portuário da cidade. O local se tornou a atração que é hoje graças a um pintor que morava no bairro, chamado Quinquela Martin, que junto com outros amigos artistas, transformou os antigos cortiços e prostíbulos com pinturas coloridas, esculturas, mosaicos, murais e outras expressões de arte, tornando aquele pedaço descuidado no primeiro museu a céu aberto de Buenos Aires. As tintas que dão cor ao local eram restos que sobravam das pinturas dos barcos no porto da cidade. 
O local tem este nome em homenagem a um tango famoso chamado “Caminito”, composto por Juan de Dios Filiberto em 1926. A letra desta música está escrita em azulejos numa das paredes do local
Embora seja bem pitoresco, o Caminito é um daqueles locais para se visitar uma única vez. Os restaurantes são caros e há várias pessoas fazendo uma abordagem chata ao longo do caminho para tirar foto com os turistas, como casais vestidos de dançarinos de tango, artistas com aqueles quadros que tem um buraco para você botar o rosto na imagem e até um sósia fajuto do Diego Maradona. Evite dar papo para esse pessoal, pois eles só querem o seu dinheiro. Se você tirar uma foto com eles, terá que pagar. Cuide bem dos seus pertences e evite também andar por ruas mais afastadas, pois o bairro da La Boca tem a fama de ser perigoso e não é aconselhável andar pelas ruas desertas do bairro. Tem algumas barraquinhas com souvenirs bem bonitinhos! Eu comprei alguns por lá... 
Ahhh, a rua do Caminito é bem pequena e no final dela tem uma linha de trem - um que rende umas fotos preto e branco bem estilosas...
Onde: Bairro La Boca
Quando: Todos os dias, mas procure ir de manhã porque é menos cheio e melhor para tirar fotos.

Cassinos
Buenos Aires possui alguns cassinos mas eu vou falar sobre 2 que pra mim são os mais bacanas. Não cobram nada de entrada, você pode entrar, olhar, pedir uma bebida ou outra sem necessariamente ter que apostar. Vale a pena a visita, principalmente para quem nunca foi num cassino:
- Casino Puerto Madero: É o mais conhecido dos cassinos em Buenos Aires, principalmente por ser tão diferente dos outros. Fica localizado em dois barcos que estão atracados em Puerto Madero, no lado sul do bairro. São mais de 150 mesas e 1500 mesas de slots, com capacidade para até 2500 pessoas. (Endereço: Elvira Rawson de Dellepiane s/n / Dársena Sur Puerto de Buenos Aires)
- Casino do Hipódromo de Palermo: Eu ADORO! E já ouvi dizer que este é o cassino que os portenhos mais endinheirados realmente vão. Como está localizado bem embaixo do hipódromo, é possível unir dois passeios bastante interessantes em um: ver a corrida de cavalos e depois se entregar pra jogatina no mesmo endereço. O Cassino do Hipódromo possui uma estrutura muito maior que o de Puerto Madero. Fica até difícil se localizar na infinidade de opções para fazer uma fézinha. No site deles é possível fazer uma espécie de tour virtual. Para quem gosta e já foi para Las Vegas, dá pra ter um bom Remember! rs $$$$$$ (Endereço: Av del Libertador, 4101)

Avenida 9 de Julio 
É a principal avenida da Cidade de Buenos Aires e recebeu este nome, em homenagem da Declaração da Independência da Argentina em 9 de Julho de 1816. Começou a ser construída em 1912 e concluída em 1930. Seis anos mais tarde (em 1936), foi inaugurado o Obelisco de Buenos Aires (logo abaixo falo dele!)
A Avenida 9 de Julho tem influências com os Outdoors, na região do obelisco, igual a Broadway na Times Square, em Nova Iorque. A avenida além de ser charmosa, é o endereço do famoso teatro de ópera do mundo, o Teatro Colón.
Por causa de sua largura, foi considerada a avenida mais larga do mundo.
Recentemente esta avenida foi reurbanizada e na sua parte central foi construído um grande corredor de ônibus com terminais, o que acabou diminuindo a quantidade de faixas para veículos (que antes do corredor de onibus eram inacreditáveis 7 faixas em cada sentido) e tirou aquela impressão de avenida muito larga. 

Teatro Colón
O Teatro Colón é o teatro mais famoso da Argentina. Considerado a casa da música, nele ocorrem diversos espetáculos musicais, como óperas, balés e concertos. Ele ocupa um edifício histórico que recentemente passou por uma ampla restauração interna e externa que durou cerca de dez anos. É possível fazer uma visita guiada ao interior do teatro, com duração aproximada de uma hora, que passa por seus principais ambientes.
Apesar da faixada principal do Teatro ficar na Avenida 9 de Julho, a entrada principal é pela fachada de frente para a Plaza General Lavalle (como se fosse a parte de traz do Teatro). Já a entrada para visitantes acontece por um portão lateral na rua Tucumán, que dá acesso a um longo corredor onde está a bilheteria do teatro e também um café. É neste local que se compra o ingresso da visita guiada e é próximo ao café que o tour tem início.
*Quando: As visitas acontecem de hora em hora, das 9:00h às 17:00h, todos os dias, incluindo sábados, domingos e feriados (exceto 01/05, 25/12 e 01/01)
*Quanto: 110 pesos argentinos (aprox. R$31,50) por pessoa. Crianças menos que 7 anos não pagam.
*Estação metro: Tribunales

Obelisco 
É um símbolo da cidade e está localizado no centro da Av. 9 de Julio e foi construído em inacreditáveis 31 dias em maio de 1936 com o objetivo de celebrar os 400 anos da fundação de Buenos Aires. É um monumento de 67 metros de altura que comemora quatro episódios importantes da historia da Argentina. Em cada um dos lados do Obelisco se encontram gravados quatro episódios relevantes, onde eu destaco a fachada Norte: Antes do Obelisco ser construído, havia uma igreja dedicada a São Nicolau de Mira. Nessa igreja pela primeira vez oficialmente a bandeira Argentina foi asteada, dentro de Buenos Aires, em 1812: em memória ao fato existe inscrições do lado norte do obelisco.
Endereço: Cruzamento das avenidas Corrientes e 9 de Julio

Jardim Japonês

Uma charmosa ilhota nipônica em Palermo! S2
O Jardim Japonês foi criado pela comunidade japonesa de Buenos Aires e construído em 1967, depois da visita do então Príncipe heredero Akihito - atual Imperador do Japão.
É considerado o maior Jardim Japonês da América do Sul e conta com mais de 350 espécies de plantas nativas do Japão. E ver o colorido destas flores na primavera e verão é um verdadeiro presente para os olhos! 
Abaixo segue um mapinha deste delicioso lugar:



O Restarante de lá é bem gostosinho e considerado um dos melhores japas da cidade. Tem um guiozá espetacular e se você for no inverno, não deixe de experimentar o chá! Você não vai se arrepender! :)
Apesar de ser um espaço publico é cobrado um valor por entrada, porém todo valor arrecadado é destinado à manutenção do Complexo (e olhando como tudo lá é extremamento limpo e bem cuidado, o valor cobrado vale cada peso!)
Endereço: Av. Casares 2966 - Palermo
Quando: Horário: Diariamente 10 às 18 hs.
Quanto: 32 pesos (menores de 12 anos não pagam)
Estação de Metrô proximo: Estação Scalabrini Ortiz (mais uma caminhada de 8 quarteirões)


Puerto Madero 
Poucas pessoas sabem, mas Puerto Madero é o resultado de uma renovação urbanística de um local que estava abandonado há mais de 100 anos. Explicando um pouco da história: No século 19 surgiu a necessidade de ampliação do porto de Buenos Aires e o projeto vencedor foi de um comerciante chamado Eduardo Madero (Daí o nome), que resolveu criar diques totalmente novos bem próximos à cidade onde havia um grande lamaçal. Pouco tempo depois de construídos, percebeu-se que o projeto era ineficiente e abaixo da capacidade necessária - Com isso, os 16 prédios acabaram ficando abandonados. Em 1989 a cidade começou a restauração da área, transformando um espaço decadente num dos bairros mais interessantes da cidade. Os antigos prédios e armazéns de tijolo à vista foram restaurados e tornaram-se escritórios, faculdades, residências, lojas, bares, restaurantes e espaços culturais. Grandes calçadões foram criados ao longo dos diques e muitos dos maquinários do antigo porto permaneceram no local, dando um toque de nostalgia em meio a tanta modernidade.
você pode caminhar ao longo quatro diques, admirando a arquitetura dos prédios antigos de um lado e dos arranha-céus modernos do outro. 

Puente de La Mujer 

Fica em Puerto Madero e é uma das pontes mais conhecidas de Buenos Aires e considerada um dos cartões-postais da cidade. Projetada pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava com um desenho inspirado num casal dançando tango, a ponte tem 160 metros de extensão e possui uma parte central giratória sustentada por cabos de aço que pode se abrir para a passagem de embarcações.

Fragata Sarmiento
Também fica em Puerto Madero e é uma embarcação que é museu flutuante e já serviu como navio-escola da marinha, realizando dezenas de viagens de instrução para os aprendizes de marinheiros. O barco tem 85 metros de comprimento, conta com 12 canhões e 35 velas e mantém seu interior com todas as peças, objetos e mobílias originais. 
*Quando: Diariamente, das 10:00h às 19:00h
*Quanto: A entrada custa apenas 2 pesos argentinos

Reserva Ecologica Costanera Sur
É um dos maiores espaços verdes de Buenos Aires, com mais de 360 hectares. A reserva tem uma grande importância ecológica, pois contém diferentes ambientes naturais, como pastagens, pântanos, lagoas ,florestas e da costa do Rio de la Plata. Lá estão também mais de 200 espécies de aves e muitos outros animais. 
A reserva pode ser percorrida somente a pé ou de bicicleta (inclusive com visitas guiadas). As trilhas são muito bem marcado e também tem espaços para relaxar e fazer piquenique.
DICA TOP: Um passeio diferente são caminhadas com lua cheia pela Reserva. Este passeio também é gratuito, porém com vagas limitas. Para fazer a sua pré-inscrição, você deverá fazer o agendamento pelo telefone (54 11) 4931-6092, 10 a 18 horas.

Para ter uma idéia de localização, segue o mapa da Reserva:


Onde: A Reserva está localizado entre Puerto Madero e do Rio de la Plata. Possui duas entradas, uma na rua Brasil e Costanera, e a outra na rua Viamonte e Costanera. 
Quando: Terça-feira a domingo, das 8 às 18 horas (Horário de Verão até 19h). Segunda-feira fechado, exceto feriados.
Quanto: Gratuito (inclusive para passeio da Lua Cheia)
Estação de Metrô: Estação Plaza de Mayo (Linha A) ou Estação Catedral (Linha D) ou Alem (Linha B) - Você poderá descer em qualquer uma das 3 estações, porém deverá na sequencia fazer uma caminhada de cerca de 900 metros.

Cemitério da Recoleta
Conhecido por ser um dos cemitérios mais visitados do mundo (ao lado do parisiense Pere-Lachaise) este local é um dos principais pontos turísticos de Buenos Aires.
Ganhou fama devido ao luxo das lápides e da ostentação dos túmulos, retrato do bom momento econômico vivido pela Argentina no início do século XIX. 
É um cemitério pequeno, bonito e lá estão sepultados vários ex-presidentes, militares, artistas e personalidades argentinas, incluindo Eva Perón, a famosa Evita. Aliás, a maioria dos turistas acaba indo lá principalmente para visitar a tumba dela. Localizado na quadra quadra C-7, fica em uma quadra estreita e facilmente passa-se por ele sem notá-lo. Pois é, para a surpresa geral ela é bem mais simples outras existentes por lá. Como eu sei que você também vai lá para isso (rs), segue um mapinha do cemitério e a indicação de como chegar ao túmulo da Evita (porque sem isso você vai demorar muuuito para encontrá-lo): 



E aí você vai ao cemitério, vê o túmulo da evita e depois? A verdade é que depois de um tempo (bem curto) um passeio deste enche o saco, afinal é só tumba e caixão! Se você não conhece outras histórias do lugar ele fica bem sem graça.
E como nem só de Evita vive o cemitério, resolvi compartilhar 5 histórias (surreais) que eu li em um outro lugar, para seu passeio ficar menos mórbido e um pouco mais divertido. Fala sério, o que seria desta sua viagem sem este blog?! rs

1. Rufina Cambaceres, a jovem que morreu duas vezes (Quadra E-9)


Em uma das esquinas do cemitério da Recoleta está uma das tumbas mais belas, a de Rufina Cambaceres, filha do escritor Eugenio Cambaceres. Diz a história que na noite que a menina fazia 19 anos, sua mãe faria uma grande comemoração e a levaria para o teatro, apresentando Rufina para a sociedade. Porém, antes de sair, a menina foi encontrada morta, toda rígida no chão. Um médico confirmou sua morte e no dia seguinte ela foi enterrada. Alguns dias depois, os empregados do cemitério encontraram seu caixão com a tampa quebrada. A versão oficial diz que foi um roubo, mas o provável é que a Rufina tenha sofrido um ataque de catalepsia e acordado dentro do sepulcro, já que foram encontrados vários arranhões na parte interior do caixão e seu corpo retorcido.
Uma estátua mostra a menina segurando uma espécie de maçaneta da tumba, como se quisesse sair ou entrar do mundo dos mortos. 

Garante-se em Buenos Aires que o fantasma de Rufina – conhecida como a Dama Branca – vagueia pelas quadras, à noite, solitário. #Medo!


2. David Alleno, o coveiro que se suicidou para estrear a própria tumba (Quadra F-3)


Desde sempre, o cemitério da Recoleta foi endereço fúnebre dos mais ricos. Ser enterrado aí era sonho (ou pesadelo?) de consumo de muitos, inclusive de David Alleno, que era empregado do cemitério e sonhava em passar a eternidade ali. Economizou durante toda sua vida para isso acontecer. Com a ajuda do seu irmão, ele viajou até a Itália, onde encomendou essa escultura. Detalhe: a lápide foi encomendada já com o ano da sua morte, 1910. Quando era perguntado sobre esse macabro detalhe pelos seus colegas de trabalho, David nada dizia.
No dia que sua tumba finalmente ficou pronta, David avisou a administração do cemitério que não trabalharia mais ali. Despediu-se dos colegas e foi embora. Ao chegar em casa se matou com um tiro.
No seu túmulo há uma estátua que o representa com sua roupa de trabalho, uma regadeira, uma vassoura, um molho de chaves e os dizeres “David Alleno, cuidador en este cementerio 1881-1910”. Atualmente é o único feliz proprietário desse pedaço de terra. Em cima da tumba está o nome do irmão que ajudou a pagá-la, Juan Alleno.


3. Liliana Crociati e a conexão com seu cachorro (quadra D-9)


Em 1970, Liliana morreu numa avalanche durante sua lua de mel na Áustria, na cidade de Innsbruck. No mesmo dia, separado por mais de 14 mil quilômetros de distância, seu cachorro Sabú também faleceu.
Seu pai fez um mausoléu que imita o quarto que Liliana tinha em vida. 
Sua escultura é a única do cemitério acompanhada por um cachorro.
Quase todos que visitam o sepulcro passam a mão no focinho de Badu. Há duas versões para isso: uma diz que traz boa sorte... Outra, que garante um retorno a Buenos Aires.
Pelo sim, pelo não: Vale seguir o ritual.











4. Salvador María del Carril e Tiburcia Dominguez, o rancor eterno (Quadra K-3)

Salvador María del Carril foi vice-presidente constitucionalista, governador de San Juan e Ministro de Governo, porém ele é lembrado no cemitério pelo péssimo relacionamento que tinha com sua esposa Tiburcia.
Depois de uma briga horrível, eles se deixaram de falar e assim ficaram por mais de 30 anos. Del Carríl inclusive fez uma carta pública dizendo que estava cansado das dívidas da mulher e não pagaria mais nenhum centavo do que ela devia.
Quando ele faleceu, sua esposa fez um mausoléu lindíssimo para o marido (um dos mais imponentes do Cemitério), com uma estátua olhando para o sul. Quinze anos depois, quando Tiburcia morreu e sua família atendeu o último desejo: o de colocar um busto seu de costas para o do marido, já que seu ódio duraria toda eternidade. 
Imagino que eles continuam sem se falar e se olhar desde então, rs...

5. Elisa Brown, a noiva do Rio da Prata (Quadra I-9)


Elisa Brown, filha do famoso almirante Brown, estava esperando a volta do seu noivo, o comandante Francis Drummond, que justo estava lutando sob as ordens do sogro na Guerra Cisplatina
Na batalha de Monte Santiago, Francis morre nos braços do Almirante. Sua última vontade foi que entregassem a Elisa o relógio que ele estava usando.
Meses depois da morte do marido e desesperada por não conseguir viver sem seu amor, Elisa se joga ao Rio da Prata com o vestido de noiva que havia sido encomendado para seu casamento e morre afogada. 
Seus restos estão dentro de uma urna que foi feita com o bronze fundido de um dos canhões da embarcação que Francis usou na guerra.







Algumas outras curiosidades:
- Os caixões ficam à mostra, em vários dos 4.800 sepulcros e mausoléus particulares, mais de 90 destes tão importantes, do ponto de vista arquitetônico, que foram considerados Monumento Histórico Nacional.
- Na entrada, uma guia vai lhe oferecer um mapa que custa 20 pesos argentinos.Vale a pena comprar e o dinheiro é revertido para a manutenção do espaço.
Atualmente acontecem poucos enterros no local devido ao pouco espaço livre disponível e o alto preço do terreno. Dizem que o metro quadrado mais caro da cidade é dentro do cemitério
Endereço: Junín, 1760
Quando: Todos os dias das 8 às 18hs.
Quanto: Gratuito

Avenida Corrientes
É uma das principais ruas e eixo da vida noturna de Buenos Aires. Muitos restaurantes (alguns deles indicados por mim aqui), lojinhas e vááários teatros, onde os famosos são o Teatro Maipo, o Ópera, o Gran Rex e o Metropolitan. Além disso, costuma-se dizer que os cafés da Avenida Corrientes foram o berço do tango argentino, onde se reuniam (e ainda se reúnem) boêmios, intelectuais e escritores da cidade. Também se diz que foi nessa avenida que fez a sua estréia o cantor e compositor Carlos Gardel.

Rosedal
Eu poderia escrever um post só sobre o Rosedal, de tão lindo e tão fundamental que ele deve ser para seu roteiro... Mas vou tentar ser sucinta! rs
Foi criado em 1914 com  proposta de ser um roseiral com o estilo dos jardins Parisienses. Inclusive o ponto central do Rosedal é justamente o Jardin de Rosas, onde se encontram diferentes canteiros com infinitas e lindas rosas! O número de rosas que florecem durante a primavera é algo entre 12 a 18 mil, sendo que elas se dividem em 1.189 espécies. Da pra imaginar? Não, não dá! rs... Não existe nada de mais lindo nesta vida, então separe um dia do seu roteiro para curtir os parques de palermos dando uma atenção especial ao inesquecível Rosedal. Você vai me agradecer, principalmente sempre que olhar todas as várias fotos especiais que você guardará para a eternidade! ;)
Como se isso tudo não bastasse, o parque fica às margens de um lago onde se alugam pedalinhos e o acesso ao Rosedal é realizado através de uma charmosa Ponte Branca. Cenário apaixonante né? É "só" por tudo isso, que ele é para mim o parque mais lindo de Buenos Aires... Na verdade, eu acho ele um dos parques mais lindos do mundo! 
Fica bem próximo ao Jardim Japonês e ao MALBA.
Endereço: Av. Sarmiento esquina com Av. Figueroa Alcorta. 
Metro Próximo: Desça na estação Plaza Italia (linha D - a verde) e caminhe duas quadras (que são grandinhas)

Floraris Genérica
É uma escultura metálica situada na Plaza de las Naciones Unidas, presenteada à cidade pelo arquiteto argentino Eduardo Catalano.
A grande flor feita em aço inoxidável com esqueleto de alumínio pesa dezoito toneladas, atinge 23 metros de altura e está localizado acima de um espelho de água que, além da função estética, também protege o monumento.
Inaugurada em 2002, tinha o poder mágico de se abrir e fechar conforme a luz do sol, mimetizando uma flor de verdade. Este mesmo mecanismo que abre a flor faz com que esta se feche na presença de ventos fortes. Ela abre todas as manhãs às 8h e termina ao pôr do sol, em um horário que varia conforme a estação



Há quatro noites especiais em que as pétalas estão abertas: 25 de maio, 21 de setembro e 24 e 31 de dezembro.
Endereço: entre a Avenida Figueroa Alcorta e Austria - Recoleta

Estádio La Bombonera e Museo de la Pasión Boquense 
O La Bombonera é a casa do maior time de futebol da Argentina (Boca Juniors) e também conhecido no mundo todo, talvez pelo fato de ser um dos poucos estádios no qual a torcida fica bem próxima ao campo.  Ele é popularmente chamado por este apelido pois seu formato lembra uma caixa de bombons. 
Dentro do estádio existe um museu dedicado a história do time, que mexe com as emoções mesmo de quem não curte muito futebol: é impossível não se arrepiar com a experiência audiovisual “La Pasión”, além de outras instalações e um tour pelo estádio.
La Boca era o antigo bairro portuário de Buenos Aires, onde moravam os imigrantes que trabalhavam no porto.  Era uma área degradada e que ainda hoje não é muito bem vista, pois tem a fama de local perigoso, mas ali está também uma dos pontos turísticos mais visitados da cidade, o Caminito (que já falamos um pouco aí pra cima...)
Onde: Calle Brandsen 805 (a apenas três quadras do Caminito)
Quando:
Quanto: Em torno de 40 pesos ou 55 pesos incluindo o tour guiado pelo estádio

MALBA (Museu de Arte Latino Americana)
Fundado em 2001, o Malba rapidamente tornou-se referência em sua especialidade: colecionar e difundir a arte latino americana do início do século 20 aos dias atuais. Com uma fachada angulosa e geométrica, o acervo do museu conta com obras de artistas como Tarsila do Amaral, Xul Solar e Diego Rivera, mas nem sempre é possível ver todas as obras, já que as exposições são temporárias. Uma parada obrigatória para todos os fãs de arte visitando a cidade.
* Bairro Guia:
* Endereço:
* Como Chegar:
* Preço: 30 pesos

MNBA (Museu Nacional de Bellas Artes)
A coleção permanente do museu é bem abrangente: possui desde obras de Degas, Toulouse Lautrec, Rodin, Cézanne e Velázquez a uma ótima seleção de artistas contemporâneos argentinos. que abriga a mais importante coleção de arte argentina, com obras de artistas locais e também internacionais, como os conhecidos Monet, Van Gogh, Picasso, entre outros.
 Bairro Guia:
* Endereço:
* Como Chegar:
* Preço: Gratuito

Museo del Bicentenario
Foi inaugurado em maio de 2010 durante as celebrações dos 200 anos da independência da Argentina e faz parte do complexo da Casa Rosada, com entrada localizada na rua que segue a lateral direita do edifício.
O museu se encontra numa área de galerias restauradas da Casa Rosada, que antigamente era um grande forte às margens do Rio da Prata. Nele estão expostos diversos objetos que fizeram parte da história dos ex-presidentes da Argentina, como documentos, veículos, móveis, objetos de decoração, obras de arte e vestimentas, entre elas o vestido utilizado por Eva Perón no dia de seu casamento.
Cada uma das galerias é dedicada a uma era presidencial e nelas há televisores interativos onde é possível ver diversos vídeos de todas as fases da história da Argentina. Numa das galerias também há um grande telão com uma animação que mostra detalhes como era o edifício antigamente, uma grande fortaleza às margens do rio, e como ele foi se transformando até se tornar a Casa Rosada dos dias de hoje
A entrada é gratuita e o acesso se dá pela rua lateral à direita da Casa Rosada.
Quando: De quarta a domingo e feriados (exceto 01/05, sexta-feira santa, 25/12 e 5 de 01/01). De abril a novembro seu horário é das 10h às 18h e de dezembro a março, das 11h às 19h.
Quanto: Gratuito
O museu tem entrada gratuita e abre para visitação de quarta a domingo e feriados, exceto 1º de janeiro, sexta-feira santa, 1º de maio e 25 de dezembro. De abril a novembro seu horário é das 10:00h às 18:00h e de dezembro a março ele funciona das 11:00h às 19:00h.

Voltar Menu








Estas fotos tem um único objetivo: Aumentar sua vontade de ir para Buenos Aires ou aumentar sua vontade de voltar para Buenos Aires! rs... 

Espero que com estas fotos, você realmente consiga viver um pouco de tudo que eu escrevi neste blog com o maior carinho do mundo! #LovBuenosAires




    

              

            





9 comentários:

  1. Achei meu guia turístico!! Que top

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que blog legal! Bem completo!

    Há blogs muito bons com dicas de Buenos Aires (Matraqueando, Melhores Destinos, Aires Buenos, Vamos para Buenos Aires, Meus Roteiros de Viagem, Viajante Comilão...), e acho que o de vocês logo será referência para quem vai visitar a cidade!

    Posso dar uma sugestão? Nos restaurantes, tentem colocar uma ideia de faixa de preço, isso ajuda o pessoal a planejar o quanto gastar...

    Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rose, bom dia

      Que delicia ler uma mensagem desta! :) ... Fizemos o blog com muito carinho, pensando nos detalhes e em tudo que gostariamos de saber antes de conhecer esta cidade deliciosa.

      Adorei a sua sugestão e vamos sim atualizar os restaurantes com a faixa de preço.

      Volte sempre e toda sugestão será muito bem vinda, afinal, nosso blog é para vocês! :)

      Um forte abraço, =)

      Excluir
  3. Um colega me indicou o blog de vocês, adorei!

    Eu e meu namorado iremos para Buenos Aires em Junho, e ele é fanático pelo River Plate!

    Você sabem se dá para fazer o tour no estádio? É um passeio legal? Sabem quanto custa?

    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Van, bom dia.

      Fico muito feliz que você tenha gostado do Blog, em breve vamos ter mais roteiros e mais novidade aqui neste post de Buenos Aires! :)

      Sobre o Estadio do River Plate, ele tem sim um museu (que fica ao lado do estádio) e é possivel fazer o tour... Eles também possuem uma lojinha para compra de presentes, com camisas do River e um bar temático.

      Do próprio museu sai o tour, onde você irá visitar as diferentes áreas do estádio como vestiários, sala de imprensa, arquibancadas e muuuuito mais.

      O Museu River está aberto diariamente das 10.00 hs. às 18.00 hs e os tours são realizadas de hora em hora, começando as 11hs e o ultimo as 17hs.

      Preços:
      Museu: 115 pesos.
      Museu + Estadio Tour: 150 pesos

      Endereço: Avenida Figueroa Alcorta 7597, bairro Nuñez, Cidade de Buenos Aires. Para chegar, megue o Subte (Metro) Linha D, desça no Congresso estação e caminhe para 16 quarteirões.

      Se quiser mais dicas, nos escreva. E aproveite Buenos Aires, vc vai AMAR! :)

      Bjs

      Excluir
  4. olá! vou a buenos aires com meu namorado em junho, como nem eu nem ele conhecemos a cidade, estou pesquisando bastante e adorei suas dicas! vc tem valor médio de preços dos passeis/restaurantes que freqüentou? seria ótimo!! obrigada

    ResponderExcluir
  5. olá! vou a buenos aires com meu namorado em junho. como nem eu nem ele conhecemos a cidade, estou pesquisando bastante e adorei suas dicas! vc tem estimativa de custos nos passeios/restaurantes? seria ótimo um post sobre isso! obrigada

    ResponderExcluir
  6. TOP TOP TOP Valeu pelas excelentes dicas.

    ResponderExcluir